O Cefet/RJ acaba de ter aprovado um projeto de eficiência energética e sustentabilidade, pelo qual irá receber um investimento de R$ 2,6 milhões da Light. O projeto foi apresentado para o edital da 5ª Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética (CPP 002/2018) e prevê a implantação de uma usina solar fotovoltaica com potência de 421,20 kWp, ou seja, geração de  615,8 MWh/ano, que corresponde a 38% do consumo atual da instituição.

Também haverá ganho de eficiência na iluminação através da troca de lâmpadas fluorescentes por lâmpadas led, aumentando esse percentual para 48,5%. Dentre os resultados a serem alcançados com o projeto, está a economia energética, para o campus Maracanã, no valor de, aproximadamente, R$ 680 mil por ano.

Para o professor Ronney Boloy, com esse projeto, o Cefet/RJ se torna “uma instituição eficiente e sustentável energeticamente no que tange à geração de energia descentralizada on-grid, a partir de fontes renováveis – neste caso, solar –, bem como ambientalmente, possibilitando a diminuição das emissões de gases do efeito estufa”. O professor também destaca a possibilidade de a instituição ofertar itinerários formativos – ou seja, para estudantes dos cursos médio/técnico, superior e pós-graduação –, previstos no Programa para Desenvolvimento em Energias Renováveis e Eficiência Energética da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Boloy é professor do Departamento de Engenharia Mecânica e líder do Grupo de Pesquisa em Empreendedorismo, Energia, Meio Ambiente e Tecnologia (GEEMAT/CNPq).

Clique aqui para mais informações sobre a 5ª Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética (CPP 002/2018).

 

Fonte: http://www.cefet-rj.br/index.php/component/content/article?id=4120